Curso rápido ou Pós-graduação em Arquitetura da Informação?

Nos últimos dias, recebi emails para indicar melhores alternativas de cursos sobre Arquitetura da Informação e aproveitei para publicar minha opinião.

Acontece que, antes de escolher seu curso, é importante ter bem claro o seu objetivo profissional sobre a disciplina.

Porque escolher um curso a curto prazo (1 semana, 1 final de semana, 1 dia )?

Recomendaria o modelo "curso rápido" para pessoas que já tem um bom know how em alguma das disciplinas de User Experiences, ou seja, são graduados e tem histórico profissional consistente nessas disciplinas, e gostariam de expandir conhecimentos em determinado assunto. Ideal para você que quer manter-se na mesma área de atuação e ampliar a gama de conhecimento.

Quem são esses profissionais:
- Gerentes de Projeto
- Webdesigners
- Designers de Produto
- Designers de Interface
- Designers de Interação
- Planejamento em Comunicação/Digital
- Arquitetos de Sistema
- Redatores
- Editores de Conteúdo
Entre outras...

Porque escolher uma pós-graduação ( ou curso longo prazo e curso profissionalizante)?

Recomendaria o modelo "profissionalizante" para aqueles que desejam começar a trabalhar nessa área.

Um profissional de Arquitetura da Informação tem um papel, não só técnico, estratégico e de design, mas também de consultoria. Por isso, é tão importante a experiência anterior na carreira destes profissionais. O embasamento teórico e a retórica que estes profissionais devem ter são decisivas para tomar decisões, afinal, essa disciplina exige esse perfil. O que dificilmente, alguém que está começando uma faculdade ou alguém que não tem uma boa bagagem anterior irá encontrar em um curso rápido. (difícil, mas não impossível)

E como então explicar os auto-didatas de disciplina?

Os auto-didatas que conheço, todos já faziam Arqutetura da Informação antes do rótulo. Eles já trabalhavam com diversas disciplinas de User Experiences. Ao ver que seu trabalho passou a ter uma categoria, se identificaram profissionalmente como Arquitetos da Informação. E, portanto, a curva de aprendizado foi de atualização, não de profissionalização. Portanto, muito mais rápido e com mais critério, do que ao comparar com quem está se interessando agora pela área e deseja ser um profissional com esse rótulo.

Falo isso,porque está cada vez mais difícil de encontrar bons profissionais com experiência direcionada em User Experiences. E pela necessidade do mercado, muitos se identificam como auto-didatas e usam o rótulo em currículo profissional.

Acredito que, a escolha de uma pós-graduação vai ser definitiva para aqueles que não tem histórico profissional com as disciplinas de User Experiences. O desafio é encontrar o curso.

Portanto, vale expandir as possibilidades:
- Pós em Psicologia Social, (assuntos como entendimento do consumidor, coletivo, cognição...)
- Pós em Semiótica
- Pós relativa à assuntos da grade de IHC, design digital e entendimento do comportamento de consumo e social.

São alguns exemplos de disciplinas que envolvem User Experiences e exigem uma capilaridade de conhecimentos integrados. O que requer histórico profissional e tempo para estudar, analisar e evoluir pensamento crítico. Afinal, esse profissional necessariamente precisa ter contato com outras disciplinas que vão dar embasamento para suas decisões.

Portanto, a dica para quem quer trabalhar com alguma das disciplinas e User Experiences, o modelo ideal ainda são cursos de longa duração, ou pós-graduação, mesmo que seja em outras áreas de conhecimento, não necessariamente, a Arquitetura da Informação.

Comentários

TiagoS disse…
Oi Melina, passando para agradecer essa sua dica. Sou Bibliotecário por formação e ultimamente tenho tido muito interesse na área de AI, ainda mais agora que estou começando curso de web design. Aqui em Bsb é difícil encontrar cursos, apesar de termos o mestrado na UnB. Mas depois do seu post, decidi terminar primeiro o curso de web design e depois direcionar melhor minha carreira. Muito grato mesmo, ficarei mais atento ao seu blog, creio que me ajudará bastante. Abraço!!
Anônimo disse…
Você não comentou sobre os bons cursos do mercado. Qual indicaria para curta duração e pós? Estou em busca de pós na área de Arquitetura, UX, usabilidade e não existem muitas ofertas. Aqui em Brasília, por exemplo, nada. Nem ao menos EAD.
Melina Alves disse…
Olá,
Em Brasilia não conheço as opções de pós-graduação. Mas havendo o interesse, a DUXcoworkers.com pode preparar um workshop em outras cidades além de São Paulo. Por favor, entrem em contato call@duxcoworkers.com Abs, Melina

Postagens mais visitadas deste blog

Quer saber porque fazer os workshops do UXConf BR? A gente ajudou você.

Interaction Design: interação fora das telas | 1a parte