Postagens

Mostrando postagens de 2016

Por que você precisa de UX?

Imagem
Quem trabalha com Design Centrado no Usuário talvez, neste momento, esteja pensando “Ainda estão falando disso?”. Mas o assunto ainda não é tão claro para a grande maioria.

Recebo, constantemente, em minha caixa de mensagens pessoas pedindo referência sobre cursos e até mesmo a pedindo a minha opinião sobre algum curso específico do tema. Comecei a perceber que mesmo já tendo publicado algumas vezes sobre o motivo de se pensar a experiência da concepção de produtos, serviços e sistemas baseado em pessoas, este assunto ainda é bem relevante para muita gente.

Com tantas metodologias como o Design Thinking e Service Design ganhando espaço e atenção das empresas e dos profissionais, cheguei à conclusão de que Usabilidade e Experiência do Usuário já são os “tiozões” quando se fala em UX.

Quer saber qual a minha versão sobre essa história?

Há 20 anos, o IHC (interação humano-computador ou homem-computador) já trabalhava fortemente para estabelecer parâmetros e definições que auxiliaram o mundo…

Feliz dia do empreendedorismo, da generosidade, do amor e do trabalho colaborativo

Hoje é o Dia da mulher. E, no meu ponto de vista, não dá para fugir do tema empreendedorismo. Parece que as mulheres já nascem com uma dose extra de responsabilidade. Não sei se essa carga vem da educação que recebemos ou se está no gene. 
Já parou para observar as brincadeiras de criança? 
As meninas carregam pra lá e pra cá suas bonecas com todo o cuidado, como se fossem filhas. Enquanto isso, os meninos brincam de carrinho, jogam bola, correm e se divertem uns com os outros. 

Parece que somos educadas para ter a responsabilidade do lar. O lado bom disso, é que se tornar uma pessoa empreendedora fica mais fácil. Isso quer dizer, ter o controle emocional para segurar a onda quando o dinheiro falta, a facilidade de lidar com frustrações quando as coisas não saem como planejamos e ainda manter o otimismo.  Afinal, essa facilidade de absorver o conhecimento e aceitar o novo parece que faz parte da nossa existência. 
Entrar para o time das 10.000 mulheres empreendedoras, em 2013, eleita pela …

Você está preparado para usar seu carro como uma plataforma de interação?

Imagem
A DUX Coworkersdesenvolveu uma investigação a respeito do comportamento das pessoas sobre o uso do carro como uma plataforma interativa. A oportunidade de conhecer mais esse device e como ele pode se reinventar na vida das pessoas, fez disparar um alarme em nossas mentes para as oportunidades e cuidados importantes para o contexto de uso do carro conectado.
Validamos a adesão das pessoas às diversas tecnologias e a empatia a partir dos conceitos de experiências de uso e interações propostas por uma empresa do mercado financeiro.

Para realizar os testes de conceito e criar um design de serviço eficiente para o protótipo da empresa, trouxemos a ideia dos cinemas para nosso laboratório de testes. Criamos uma experiência de imersão prototipada, aproximando do usuário o contexto de uso a partir de motion e sound design.

Encontramos soluções para que a empresa pudesse entender a relação das pessoas tendo o carro como plataforma de interação para usá-lo para interceptar diversas atividades co…

O ano já começou e mesmo na correria pra chegar ao topo, é importante fazer uma pausa na subida e observar a vista alcançada.

Para o Universo de UX, 2015 foi significativo. Percebi, pela primeira vez, uma grande abertura das empresas em reconhecer a importância de UX em seus processos de inovação, nas investigações e pesquisas; no planejamento, além da concepção de produtos e serviços com a entrega de prototipação e design. Neste contexto, a DUX se destaca por oferecer um trabalho verdadeiramente colaborativo. Nossa persistência e foco para sinalizar as faltas ou falhas antes de realizar de fato as implementações necessárias ajudaram pequenas e grandes marcas a se destacarem.

Nesse caminho por aprendizados agora dividimos com vocês os resultados como o sucesso das start-ups Clame e Stayfilm, e ainda, os projetos realizados em 2015 para grandes marcas como Natura, Sadia e Visa que compartilho com vocês.   

Investigação de Comportamento de Beleza e Cosméticos / Natura

Investigamos alguns grupos de comportamento de beleza e cosméticos conduzimos a um Teste de Conceito. O que nos surpreendeu foi fato de que as pe…